História

Logo após a instalação da Universidade Federal de Santa Catarina, em 12 de junho de 1962, na rua Bocaiúva, onde hoje é a Brigada de Infantaria Motorizada do Exército, sentiu-se a necessidade de um setor gráfico que, além de atender a confecção dos impressos para os diversos órgãos de administração da Universidade, pudesse cumprir suas verdadeiras e altas finalidades, na edição de trabalhos de pesquisa e obras originais de Professores, Técnicos-Administrativos e Alunos.

Assim, em 31 de julho de 1964 iniciou-se a construção da Imprensa Universitária da UFSC. A obra, com 330 m2, foi concluída em 24 de janeiro de 1965 na gestão do Magnífico Reitor Prof. João David Ferreira Lima.
O prédio estava pronto e as máquinas compradas; faltavam somente funcionários para dar início às atividades. Porém, o governo federal havia proibido a contratação de novos funcionários para o serviço público.
Em vista disso, em 2 de julho de 1965, o Prof. Roberto Mündell de Lacerda, Reitor em exercício, tomou uma iniciativa que colocaria a IU/UFSC para funcionar: admitiu 14 funcionários que receberiam seus salários em forma de recibo por serviços prestados à UFSC e, em 12 de julho daquele ano, a IU entrou em pleno funcionamento.

Entre as atribuições da IU, estava a de executar todos os serviços de tipografia, impressão e encadernação, bem como editar livros didáticos, técnicos e científicos, teses, trabalhos de pesquisa, além de boletins informativos e publicações de divulgação da Universidade.

O primeiro funcionário a ocupar a chefia da IU/UFSC foi o Prof. Carlos Alberto Silveira Lenzi, por um período de quatro meses, tendo se afastado para assumir o cargo de Instrutor da Cadeira de Direito Processual Civil na Faculdade de Direito da UFSC. Assumiu então a chefia da IU/UFSC o Sr. Teodoro Rogério Vahl, cuja principal preocupação era fazer a IU funcionar de forma racional e com qualidade.
Inicialmente a IU estava subordinada ao Departamento de Educação e Cultura. Porém, o Prof. Roberto Mündell de Lacerda, entendendo ser a IU um órgão industrial diretamente ligado à administração central da Universidade, determinou sua subordinação à Secretaria-Geral da UFSC, o que ocorreu em 27 de agosto de 1965.